domingo, 27 de fevereiro de 2011

Quando eu soltar a minha voz, por favor me entenda...

Desafios...
Ultimamente a vida tem me oferecido um pacote de surpresas incríveis. Uma coisa estranha é perceber que não posso desaperceber essa passagem e sua importância para um próximo passo, afinal, só o aceitei de braços e olhos abertos, porque tem um fundamento...
Tem horas que achamos ou sentimos estar dando um passo para trás quando fazemos alguma coisa que esta fora do raciocínio lógico de evolução do que sonhamos para nossa vida, o destemido, chamado, futuro...
O quê você vai ser quando você crescer? Nunca me perguntei isso! Loucura né...
Não!, a verdade é que sempre soube o que eu queria ser, fazer, respirar, exercer... Desenvolvi muita coisa, mas não foi o suficiente para época. Então resolvi continuar esse desenvolvimento de outras formas, respeitando e aproveitando outros estímulos que me eram apresentados. E eu gostava, aliás gosto... Isso é um fato!
Mas em breve, poderei sentar no meu sofá, olhar para os lados e contemplar que eu consegui fazer e viver daquilo que eu amo... Mesmo que ninguém me ligue perguntando o que eu compus naquele hora ou dia, onde estou no momento e onde será meu "concerto" ou simplesmente para irmos a um show... Sei lá, qualquer coisa do tipo...
Minha carreira, minhas escolhas - mesmo que erradas - e minha vida pertence a mim!!!... e por mais difícil que seja, por mais complicado que ela se apresente, vou amar o que faço a cada dia mais...
Os paliativos de ontem e de hoje, são e serão sempre, paliativos...

Bom Domingo a todos....

SEMPRE EM FRENTE!!!
MN

Nenhum comentário: